Mediações de Leitura

Foi através do Programa de formação de voluntaries em mediação de leitura da ong Cirandar, que nasceu nossa vontade de dinamizar essas mediações de leitura aqui na Biblioteca. Desde o sábado dia 16 de março começou nosso ciclo de sábados de mediação.

Nesses encontros é escolhido um livro para infância para ser lido para o grupo pelos educadores/as. Como diz André Neves, um livro infantil é dirigido para infância de cada um de nós, não é só para crianças. Queremos que esses momentos dedicados aos mais pequenos sejam momentos divididos também pelos adultos.

Além do momento da Leitura, dedicamos um momento depois da leitura para dividir impressões e realizar uma ação cultural, que é uma experiência diferente em cada mediação, já que nasce a partir do livro.


“Alterando um conceito de Otto Ranke sobre o mito, podemos dizer que a literatura é o sonho acordado das civilizações. Portanto, assim como não é possível haver equilíbrio psíquico sem o sonho durante o sono, talvez não haja equilíbrio psíquico social sem a literatura. Deste modo, ela é fator indispensável de humanização e, sendo assim, confirma o homem na sua humanidade, inclusive porque atua em grande parte no subconsciente e no inconsciente.”*

*Em O direito à literatura de Antonio Candido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.